Casados para sempre, eu quero e você?


Casamento, amor , fidelidade, até que a morte nos separe, casados para sempre,  palavras ditas de um noivo para a sua noiva, como também da noiva para seu noivo, mas será que essas promessas realmente estão sendo cumpridas.

Quantos casamentos acabam por traição, brigas e mais brigas, e o que antes era um amor um sonho se torna em um pesadelo.  Qual a formula para ser casados para sempre? Como faço para ter um Bom casamento? Como ser feliz em meu casamento? COMO TER UMA ALIANÇA ETERNA? Essas são algumas perguntas que este artigo irá responder, continue lendo até o fim.

A aliança de casamento significa responsabilidades com seu conjugue e com seus filhos, concretizar uma aliança com alguém é um ato muito sério, é mais do que demonstra aos outros que se tem um compromisso com seu conjugue e que não está mais disponível para outra relação.

Qual o objetivo do casamento

O seu objetivo é de fazer o outro feliz, não só nos momentos bons, mais nos momentos ruins também, é um compromisso sério que você faz com seu conjugue, e quando você faz esse compromisso diante de Deus, deve ser honrado com amor e fidelidade.

 

Porque Deus é um Deus de aliança, e Ele nunca falhar com as suas alianças, e deseja que o homem também não falhe na sua.

Esse Deus que valoriza aliança, que faz com aqueles que Ele ama, é o mesmo que valoriza a aliança entre homem e mulher diante Dele.Casamento não é uma mistura de propósitos, e sim a soma de propósitos de duas pessoas. Não é uma fusão, propósitos dados por Deus a cada um. – Aline Barros

Os sentimentos mais lindos que existem no matrimônio estão baseados no amor mútuo, no companheirismo e na lealdade, seguidos de um compromisso de vida a dois. Por esse ângulo entendemos que o amor sem compromisso vale tanto quanto o ódio.

O nosso Deus é Deus de propósitos. Por isso ao estabelecer o casamento, instituiu três propósitos básicos para mantê-lo:

 

TRÊS PROPÓSITOS BÁSICOS

QUE O CASAL SEJA UMA UNIDADE

Ao unirem-se em matrimônio o marido e a mulher passam a ser uma só carne, como está escrito no evangelho, por isso deixará o homem seu pai e sua mãe e unir-se-á a sua mulher e serão os dois uma só carne. “Portanto o que Deus uniu, não separe o homem”.

Esse é o princípio que deve ser praticado pelo casal. O apóstolo Paulo reafirma que os maridos devem amar as suas esposas como Cristo amou a Igreja. (Efésios 5: 25,26), e que as esposas devem amar os seus maridos como a Igreja deve ser dedicada a Cristo.

Leva-nos a entender que quando o esposo trata a esposa com amor verdadeiro, à maneira de Cristo, esse facilita para que as esposas lhe sejam submissas. Quando as esposas aceitam a submissão ao marido – não como escravas, mas como companheira tornam fácil os maridos amarem suas esposas.

O desejo de Deus para um casamento abençoado, é sobretudo que exista um perfeito equilíbrio, onde tanto a mulher tenha conhecimento no seu PAPEL DE ESPOSA assim como homem também busque conhecer o seu papel. pois apesar de serem uma só carne, é necessário que exista respeito a individualidade de cada um.

QUE O CASAL SEJA FELIZ

Um dos princípios bíblicos é que devemos viver intensamente a vida conjugal com alegria. A bíblia mostra toda beleza de um relacionamento ideal entre o homem e a sua mulher. “O amor definido no livro de Cantares não mostra um sentimento passageiro com relação a tudo que traz prazer e poesia ‘a vida, quando diz: “É melhor do que o vinho” e” Do teu amor nos lembraremos mais que o vinho, não é sem razão que te amam”.

O vinho, aqui descrito é apenas uma alegoria, e o que o autor deseja exprimir nessa comparação é uma efusão de alegria que deve existir num relacionamento conjugal abençoado por Deus (Cantares 1:2 e 1:4) O amor conjugal deve ser como um banquete de almas, uma celebração de alegria pelo prevalecer de dois seres sobre o egoísmo indômito, adversário daqueles que desejam ser apenas um. Esta alegoria representada pelo vinho, em Cantares, é a mais bela expressão que o casamento pode representar.

 

QUE O CASAL SEJA MULTIPLICATIVO

Deus quer que os filhos venham ao mundo numa atmosfera de alegria e amor e sejam eles os frutos do amor. Os filhos, à medida que vão crescendo, vão se espelhando na vida diária dos seus pais; sentindo alegria quando esses mostram alegria, felicidade e proteção, mas, sobretudo amor quando vêem isso neles.

O PRIMEIRO CASAL A EXPERIMENTAR A GRAÇA DE DEUS

O maravilhoso relato sobre o relacionamento de Deus para com o ser humano, e de um ser humano para o outro.

A bíblia mostra claramente que Ele a criou a mulher cuidadosamente, com propósitos específicos.

Adão fora criado do pó da terra, mas Eva, de sua costela. Vejamos que Eva, tirada da costela de Adão, dá-nos a nítida certeza de que fora criada para ser sua companheira e ajudadora.

A primeira reação de Adão ao despertar-se do sono foi:

“Esta é afinal, ossos dos meus ossos e carne da minha carne” (Gênesis 2:23), por esse motivo não seja uma benção, uma mulher apoiadora, dedicada ao seu marido e não se torne uma mulher rixosa.  se quer saber mais o que é uma mulher rixosa confira Aqui

O DESLIZE PARA FORA DO PROJETO DE DEUS

E tudo mudou para Adão, Eva e também para toda a humanidade. Momentos antes eles se encontravam em plena comunhão com o Criador, e dependiam totalmente D’Ele, mas agora suas vidas estavam completamente mudadas, e o pecado fazia-os sentir vergonha.

Daí em diante todo o projeto de se tornarem uma só carne acabou, transformando-se em mútuas acusações. Quando eles estavam na dependência de Deus, era ELE que supria todas as suas necessidades, mas agora, um olhava para o outro, buscando em seu companheiro, o preenchimento de suas carências.

Quando a serpente convenceu-os de que poderiam se tornar como Deus, ela omitiu o fato de que a partir dai eles jamais receberiam seus favores e da mesma forma que poderiam fazer o que quisessem, também deveriam suprir mutuamente suas necessidades.

O Pai amoroso, agora, mesmo desejando, não poderia ajudá-los, determinando assim o que chamamos hoje de: “A queda do homem”.

 

O PREÇO PAGO POR NÓS NOS DIAS DE HOJE

Três pontos básicos nos mostram como esses acontecimentos nos afetam como maridos e esposas nos dias de hoje:

  •  Sentiram medo de Deus e esconderam-se D’Ele.
  • Sentiram vergonha um do outro.
  • Acusaram-se mutuamente.

 

Hoje identificamos como “Maldição”. Como conseqüência do pecado da mulher, Deus disse: “O teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará”
A culpa pelo fracasso trouxe à tona o sentimento de egoísmo da mulher que lançou a responsabilidade sobre o diabo, que a enganou.

Adão por sua vez acusou sua companheira. Isso passou a ser um procedimento normal até os dias de hoje. Buscar culpados pelo nosso fracasso é comum em toda a sociedade.

Desde então o homem tem procurado satisfazer-se no trabalho nos desejos carnais, recebendo em conseqüência infindáveis conflitos e angustias. Tudo o que deveria ser canalizado para Deus, agora canaliza-se em sua satisfação pessoal e na defesa de sua família.

 

PS. gostaria de agradecer por você ter chagado até aqui, e gostaria de indicar um curso que mudou a minha vida e meu casamento, ALIANÇA ETERNA, é um treinamento onde eu aprendi o verdadeiro papel de uma mulher em uma relacionamento, por esse motivo quero compartilhar com você esse conteúdo, pois mudou a minha vida e pode mudar a sua também CONHEÇA O CURSO ALIANÇA ETERNA.

 

 

 

 

 

Meu nome é Cherline Cardoso, sou serva do Deus vivo, tenho 33 anos, sou casada há 13 anos, tenho 2 filhos lindos, e escrevo neste blog para ajudar pessoas que estão passando por dificuldades em seu relacionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sign up to our newsletter!